De 5 de outubro a 11 de outubro de 2020
De 5 de outubro a 11 de outubro de 2020

Por Natasha Bachini, Eduardo Barbabela, Douglas Moura, Keila Rosa, Andressa Liegi Costa, Lucas Loureiro, Mariana Soares, Bruna Medina, Ana Beatriz Getirana, Matheus Ribeiro, Robson Nunes, Victor Nobre e João Feres Jr
29/10/2020 -

Entre os dias 5 e 11 de outubro, das 719 páginas analisadas, 638 publicaram algum conteúdo. No total da amostra da semanal foram verificadas 16.728 publicações, entre elas 7.246 (43%) fotos, 5.458 (33%) links, 3.901 (23%) vídeos e 123 (1%) status – ferramenta de compartilhamento de humor, sentimentos, pensamento ou atividade.

Nesta semana, André Janones (AVANTE-MG) novamente emplacou a publicação mais compartilhada, com um vídeo sobre o auxílio emergencial no qual comenta o fim da sessão da Câmara dos Deputados do dia 6 de outubro, que acabou sem discutir a MP 1000. O deputado garantiu que não desistirá de lutar e nem cruzará os braços até aprovar a volta do auxílio emergencial para 600 reais. Janones também emplacou a segunda postagem de nosso ranking, discutindo a viabilidade econômica do auxílio de R$ 600.

Apesar do destaque das postagens de Janones, o ranking desta semana foi dominado pela direita, com destaque para a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) e para o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Bolsonaro continuou a discutir o Meio Ambiente nesta semana. No vídeo republicado pelo presidente, o ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles defende que apenas agora, durante o governo Bolsonaro, se discute como tomar cuidar da Amazônia, não apenas no que toca o meio ambiente, mas também o governo das pessoas, pois o “governo de esquerda” deixou 23 milhões de brasileiros para trás.

Em outra publicação sobre o meio ambiente, o presidente publicou um vídeo de Alexandre Garcia, no qual o jornalista da CNN noticia que partido pequenos foram ao STF para “incomodar” Bolsonaro e exigir explicações do presidente pelas falas acerca do Pantanal e da Amazônia na ONU. Alexandre Garcia ainda citou o fato de o presidente ter sido flagrado comendo pizza com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) e tomando café da manhã com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Garcia destacou que essas relações seriam normais e que o presidente estaria negociando em uma mesa de jantar ao invés de negociar “em torno de uma mala de dinheiro, em torno de meter a mão na Petrobrás, no Banco do Brasil, na Caixa Econômica, se aproveitar de ministério”.

Bolsonaro ainda postou vídeo com sua fala na TV Brasil sobre o final da Operação Lava-Jato, no qual afirma, orgulhoso, que acabaria com a Lava Jato por não ter mais corrupção no governo. Após essa fala, segue-se uma salva de palmas.

Carla Zambelli foi a principal personagem da semana em nosso ranking, sendo responsável por dez postagens.  Em uma das publicações a deputada reproduz uma montagem de fotos do ex-Presidente Lula e da ex-Presidente Dilma na frente das logomarcas da Rede Globo e do PT com a seguinte frase em destaque: “Isso explica muita coisa! Globo recebeu R$ 7 bilhões em verba nos governos Lula e Dilma!”.

Continuando com as publicações ofensivas, outro alvo da deputada foi o governador João Dória (PSDB-SP) em post com a imagem de um dinossauro “pensativo” acompanhado da questão: “Se o horário das eleições foi ESTENDIDO para evitar aglomerações, por que o horário do comércio foi REDUZIDO para evitar aglomerações?”. Na legenda, Zambelli escreve: “Será que o governador João Doria consegue nos explicar este primor de lógica”?

A deputada Bia Kicis (PSL-DF) também consegui algum espaço em nosso ranking, repostando imagem do comentarista da Jovem Pan Adrilles Jorge acompanhada de texto dizendo que seis mil cientistas concluíram ser o isolamento vertical era o melhor caminho e que se esta afirmação fosse feita meses atrás quem a fizesse seria “ crucificado”. No entendo, “ciência agora prova que o #fiqueemcasa foi um erro. O texto na imagem termina com a pergunta “Quem vai admitir o erro?”

Conclusões

Conforme verificamos nas últimas semanas, André Janones e seus posts sobre o auxílio emergencial têm perdido espaço para a direita bolsonarista, que posta basicamente ataques aos opositores do presidente. Nesta semana, Carla Zambelli, Eduardo Bolsonaro e Bia Kicis emplacaram postagens com ataques, ao PT, STF e João Dória. Enquanto isso, o presidente Jair Bolsonaro tem aproveitado seu alcance de sua página para defender seu governo. Mais uma vez nenhum post de esquerda conseguiu colocação no ranking.

Para baixar o relatório completo, clique aqui.

Apoie o Manchetômetro

Criado em 2014, o Manchetômetro (IESP-UERJ) é o único site de monitoramento contínuo da grande mídia brasileira. As pesquisas do Manchetômetro são realizadas por uma equipe com alto grau de treinamento acadêmico e profissional.

Para cumprirmos nossa missão, é fundamental que continuemos funcionando com autonomia e independência. Daí procurarmos fontes coletivas de financiamento.

Conheça mais o projeto e colabore: https://benfeitoria.com/manchetometro

Compartilhe nossas postagens e o link da campanha nas suas redes sociais.

Seu apoio conta muito!

Publicação anterior

Por Keila Rosa, Andressa Liegi, Robson Nunes, Natasha Bachini, Eduardo Barbabela e João Feres Júnior
26/10/2020 - Na segunda semana das campanhas na re­de, as 319 páginas dos candidatos e can­didatas às prefeituras das capitais brasilei­ras pu­­blicaram 6.982 posts que pro­vocaram 488.015 compartilhamentos, 420.527 co­men­tá­rios e 3.973.200 ...
Próxima publicação

Por Natasha Bachini, Eduardo Barbabela, Douglas Moura, Keila Rosa, Andressa Liegi Costa, Lucas Loureiro, Mariana Soares, Bruna Medina, Ana Beatriz Getirana, Matheus Ribeiro, Robson Nunes, Victor Nobre e João Feres Jr
01/11/2020 - Entre os dias 12 e 18 de outubro, das 719 páginas analisadas, 638 publicaram algum conteúdo. No total da amostra semanal, foram verificadas 17.370 publicações. Dentre elas, 7.867 (45%) fotos, ...