De 30 de novembro a 7 de dezembro de 2020
De 30 de novembro a 7 de dezembro de 2020

Por Natasha Bachini, Eduardo Barbabela, Douglas Moura, Keila Rosa, Andressa Liegi Costa, Lucas Loureiro, Mariana Soares, Bruna Medina, Ana Beatriz Getirana, Matheus Ribeiro, Robson Nunes, Victor Nobre e João Feres Jr
14/12/2020 -

Entre os dias 30 de novembro a 7 de dezembro de 2020, das 719 páginas analisadas, 621 publicaram algum conteúdo. No total da amostra da semanal, foram verificadas 15.325 publicações. Dentre elas, 6.958 (45%) fotos, 5.608 (37%) links, 2.598 (17%) vídeos e 161 (1%) status – ferramenta de compartilhamento de humor, sentimentos, pensamento ou atividade.

Nesta semana, o destaque ficou novamente com a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) que emplacou nove posts em nosso ranking. A postagem com mais compartilhamentos desta semana, no entanto, foi de André Janones (AVAN­TE-MG) que voltou ao ranking depois de semanas fora do mesmo. A publicação do de­p­utado é referente ao fim do programa Minha Casa, Minha Vida do governo federal e sua substituição pelo programa Casa Verde Amarela. Ele comenta sobre a MP 1000 e a sua pré-candidatura à presidência da Câmara dos Deputados. Janones afirma que votou favorável a MP 1000, que está ao lado do povo e que vai lutar até o último segundo pelo povo.

O atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM) foi um tópico durante essa semana. Bia Kicis (PSL-DF) publicou uma imagem de Maia ao lado de Paulo Guedes, com a legenda “Fazendo pouco? Após Rodrigo Maia dizer que o governo está fazendo pouco, Paulo Guedes manda lista de projetos que estão parados no Congresso”.

Carla Zambelli (PSL-SP) também comentou sobre Rodrigo Maia, utilizando comentários do jornalista Alexandre Garcia na CNN Brasil. Garcia comenta que o Senado aprovou a autonomia do Banco Central, mas que continua parado na Câmara, que precisa assumir as suas responsabilidades.

A decisão do STF quanto a possível reeleição dos presidentes da Câmara e do Senado também foi tema de postagens de alguns parlamentares postaram a respeito. Bia Kicis publicou uma imagem com as falas de Augusto Nunes, jornalista, escrito: “O STF pretende considerar ilegal o trecho do artigo que impede a reeleição dos atuais presidentes da câmara e do senado. Ou seja: o Supremo vai declarar a Constituição inconstitucional”.

O senador Álvaro Dias (PODEMOS-PR) também publicou sobre o assunto. A imagem postada pelo senador é do presidente do STF, Luiz Fux, acompanhado da frase em destaque “Peça vista, Fux! Não permita que a Constituição seja rasgada”.

Carla Zambelli também publicou uma imagem a respeito. A postagem é uma foto dela com o jurista Ives Gandra Martins condenando a reeleição e dizendo que o direito não deve atender a conveniências ideológicas.

As respostas do governo de São Paulo à pan­demia foram novamente assunto nessa se­mana. Zambelli publicou um vídeo do governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP) anunciando que não seriam permitidas fes­­tas, aglomerações ou comemorações, se­jam públicas ou privadas. Ao fundo, aparecem imagens de João Dória co­me­morando a vitória de Bruno Covas na eleição para a Prefeitura de São Paulo ao lado de diversas pessoas.

As deputadas federais Bia Kicis e Alê Silva (PSL-MG) também atacam o governo de São Paulo. Ambas utilizam um trecho do programa Opinião no Ar, no qual o convidado Paulo de Melo, médico, comenta sobre o recuo de São Paulo para a fase amarela. Ele diz que há de se ver a finalidade de medidas, mas que não se pode penalizar toda uma economia por conta de um único erro que aconteceu. E garante que o problema são as festas clandestinas de São Paulo, não os empreendedores que investiram para seguir as recomendações da OMS para manter seus empregados.

Carla Zambelli ainda postou um vídeo do presidente Jair Bolsonaro comentando sobre a Hidroxicloroquina, lockdown e segun­da onda. No vídeo, Bolsonaro afirma que que quem fez o tratamento precoce contra o novo coronavírus não tem problemas graves de saúde. E, segundo ele, mais de 200 pes­soas na Presidência pegaram o vírus e a única que morreu estava em home office e pos­suía outros problemas de saúde.

Bolsonaro ainda afirma que a Sociedade Europeia de Cardiologia disse que entre 4 e 5 semanas de uso da Hidroxicloroquina não resulta em arritmia cardíaca e afirma que foi tratado com este remédio, igual aos outros ministros. O presidente ainda afirma ser crime proibir o uso deste medicamento, criticando indiretamente alguns governadores que são contrários ao uso do remédio como “prevenção” da covid-19, pois não há evidências cientificas que confirmem a eficácia. O presidente finaliza garantindo que a “segunda onda” ocorreu porque as pessoas que estavam de quarentena.

Conclusões

Nessa semana, o grande tópico foi a possível possibilidade de o STF tornar constitucional a reeleição dos atuais presidentes da Câmara e do Senado. Outro ponto importante foram os ataques diretos ao governador de São Paulo, João Doria e sua atuação considerada questionável pelos bolsonaristas, direcionando esforços em desconstruir a narrativa de Dória com imagens da vida pessoal do governador que contradizem seu discurso público.

Você pode baixar nosso relatório, clicando aqui.

Apoie o Manchetômetro

Criado em 2014, o Manchetômetro (IESP-UERJ) é o único site de monitoramento contínuo da grande mídia brasileira. As pesquisas do Manchetômetro são realizadas por uma equipe com alto grau de treinamento acadêmico e profissional.

Para cumprirmos nossa missão, é fundamental que continuemos funcionando com autonomia e independência. Daí procurarmos fontes coletivas de financiamento.

Conheça mais o projeto e colabore: https://benfeitoria.com/manchetometro

Compartilhe nossas postagens e o link da campanha nas suas redes sociais.

Seu apoio conta muito!

Publicação anterior

Por Keila Rosa, Andressa Liegi, Robson Nunes, Natasha Bachini, Eduardo Barbabela e João Feres Júnior
11/12/2020 - Chegamos à última semana de campanhas an­tes do primeiro turno das eleições mu­ni­ci­pais. Como já era esperado, na semana de 9 a 15 de novembro, foram registrados os re­cordes nos ...
Próxima publicação

Por Keila Rosa, Andressa Liegi, Robson Nunes, Natasha Bachini, Eduardo Barbabela e João Feres Júnior
21/12/2020 - A partir da primeira semana de propaganda elei­toral voltada para o segundo turno das e­lei­ções municipais trabalharemos com al­guns dados distintos do que foi publicado nos relatórios anteriores - de ...