O Manchetômetro é um site de acompanhamento da cobertura da grande mídia sobre temas de economia e política produzido pelo Laboratório de Estudos de Mídia e Esfera Pública (LEMEP). O LEMEP tem registro no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq e é sediado no Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). O Manchetômetro não tem filiação com partidos ou grupos econômicos.

Parceria

PNR #21 – STF As manifestações bolsonaristas de 21 de abril

O relatório tem como objetivo compreender a repercussão nas redes sociais da manifestação em apoio ao ex-presidente Jair Bolsonaro, realizada no dia 21 de abril de 2024, na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. A análise incide sobre as páginas públicas que compartilharam posts entre os dias 17 e 25 de abril de 2024, filtradas pela string de busca “Manifestação OR Copacabana”. Os termos foram escolhidos para limitar o filtro sobre o evento e evitar a contaminação por outros debates envolvendo a família Bolsonaro. Além disso, o período escolhido tem o propósito de avaliar a preparação e a mobilização para o ato. A coleta de dados foi realizada por meio da plataforma Crowdtangle, nas bases de páginas do Facebook e do Instagram.

O relatório está dividido em três seções: análise de dados do Facebook, análise de dados do Instagram e conclusões.

1.     FACEBOOK

Tabela 1. Dados Gerais

Publicações2.219
Total de páginas que postaram1.024
Interações531.022

Tabela 2. Interações e postagens no período

MêsTotal de interaçõesTotal de posts
17/04/202430.81047
18/04/202410.37354
19/04/202419.68492
20/04/202420.182147
21/04/2024278.3351.020
22/04/2024124.254605
23/04/202433.421172
24/04/202412.83457
25/04/20241.12925

A tabela 2 mostra que o dia 21 de abril, data da manifestação, registrou o maior número de interações e publicações.

Tabela 3. Top 5 posts por número de interações

Orientação ideológicaPerfilLinkTotal de Interações
DireitaJair Messias Bolsonarohttps://www.facebook.com/100044022914395/posts/105819646565777422.943
DireitaCarla Zambellihttps://www.facebook.com/100043932348669/posts/97767837037323221.740
DireitaCarla Zambellihttps://www.facebook.com/100043932348669/posts/97776836036423313.343
DireitaEduardo Bolsonarohttps://www.facebook.com/100044232679185/posts/100011200147321310.410
ImprensaO Globohttps://www.facebook.com/100064604954956/posts/8279028893732028.716

O ranking de interações do Facebook contou com uma forte presença das páginas bolsonaristas, com destaque para Carla Zambelli (PL-SP), que ocupou duas posições. Na liderança, aparece o ex-presidente que repostou o vídeo de seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), na época da visita do presidente da França, Emmanuel Macron, ao Brasil. No vídeo, o parlamentar critica Lula, os artistas nacionais e a Globo por se calarem em um momento em que, segundo ele, há aumento do número de mortes de yanomamis e recorde de queimadas na floresta amazônica. Eduardo também critica o fato de Macron ter concedido ao “índio” Raoni a maior condecoração da França. Além disso, menciona que Raoni entregou um documento para os dois presidentes, em que expressa preocupação com a construção do Ferrogrão, linha férrea que o deputado presume que trará impacto positivo para os produtores agrícolas da região. Jair Bolsonaro escreve na legenda que Eduardo estará presente na manifestação para falar sobre a Ferrogrão e convida seus seguidores a comparecerem também.

Em segundo lugar, temos a postagem de Carla Zambelli (PL-SP). A deputada escreve que as manifestações foram transmitidas internacionalmente e que o povo brasileiro não está sozinho. O post traz um trecho do discurso do deputado federal Gustavo Gayer (PL-GO), em inglês, em que ele declara que irá passar uma mensagem para o mundo, e afirma que Elon Musk estava de olho na manifestação de Copacabana. Gayer ressalta que os manifestantes são amantes da liberdade e estão lutando pela democracia, que não desistirão e não cederão às ditaduras, estando dispostos a perderem suas vidas em nome da liberdade.

A terceira posição também é ocupada por Carla Zambelli, que postou uma parte do discurso de Michelle Bolsonaro. A ex-primeira-dama declara que o Brasil é do senhor Jesus e que há esperança de dias melhores para o povo brasileiro. O discurso menciona os valores conservadores e cristãos, e tem como alvo principal as mulheres, descritas como “femininas e não feministas”. Afirma que a política é uma ferramenta de transformação e convida as mulheres a construírem uma política colaborativa, ajudando seus esposos na construção de um país melhor com mais igualdade e o fortalecimento do verdadeiro amor, que cuida e protege. Além disso, lembra que este é um ano de eleição, enfatizando a importância dos cidadãos conhecerem seus candidatos para que votem em pessoas de bem, que tenham um projeto de prosperidade e não um projeto de poder para o Rio de Janeiro. Finaliza o discurso orando o Pai Nosso.

Em quarto lugar, consta o vídeo postado por Eduardo Bolsonaro, que mostra as ruas de Copacabana vazias e, em seguida, a movimentação da população ocupando a Avenida Atlântica. A publicação traz vários recortes da manifestação e finaliza com o seu pai pedindo “uma salva de palmas para Elon Musk”. Na legenda, o deputado afirma que o povo está do lado da liberdade e é a maioria. Além disso, agradece a Jair Bolsonaro, Silas Malafaia e Sóstenes Cavalcante.

Em quinto lugar, aparece o jornal O Globo, que postou uma reportagem sobre a manifestação bolsonarista, marcada pelo discurso religioso de Michelle, ataques de Malafaia e o elogio de Bolsonaro a Musk. Na legenda, destaca que o presidente Lula foi um dos alvos do discurso junto ao inquérito sobre a tentativa de golpe. Também declara que a organização teve que tomar cuidado para que não houvesse o contato entre investigados da Polícia Federal e do STF nos bastidores.

Tabela 4. Top 20 perfis por número de interações

Orientação ideológicaPerfilTotal de Interações
DireitaCarla Zambelli40.918
DireitaDr. Sandro Lucio Gonçalves37.084
DireitaEduardo Bolsonaro29.210
DireitaJornal da Cidade Online24.036
DireitaJair Messias Bolsonaro22.943
DireitaNasRuas21.971
ImprensaO Globo21.560
ImprensaUOL Notícias20.613
DireitaJunior Japa13.242
DireitaFelipe Lintz12.852
DireitaSilas Malafaia12.310
DireitaBrasil News Network TV11.265
DireitaJovem Pan News8.070
DireitaPleno.News8.038
ImprensaUOL7.746
DireitaGazeta do Povo7.741
EsquerdaGleisi Hoffmann6.952
DireitaBrasil acima de Tudo6.064
ImprensaFolha de S.Paulo5.723
ImprensaEstadão5.266

Os dados sobre as postagens revelam um desequilíbrio no total de posts entre direita e esquerda, com 14 páginas de direita contra uma de esquerda. Em ambos os casos, notamos o envolvimento de figuras importantes das duas correntes, como Carla Zambelli, Silas Malafaia, Eduardo Bolsonaro, Jair Messias Bolsonaro, no campo da direita, e Gleisi Hoffmann, na esquerda. Nas interações, o desequilíbrio é ainda maior pró-direita: 255.744 contra 6.952 da página de esquerda.

Tabela 5. Top 5 posts com melhor performance

Orientação ideológicaPerfilLinkPerformance
DireitaJovem Pan Newshttps://www.facebook.com/100064531429686/posts/84279125788191442,11
DireitaJovem Pan Newshttps://www.facebook.com/100064531429686/posts/84222867793817232,43
ImprensaCNNBrasilhttps://www.facebook.com/100080499307703/posts/46271660975497918,3
ImprensaBand Jornalismohttps://www.facebook.com/100064737276871/posts/83188995231224017,67
ImprensaO Globohttps://www.facebook.com/100064604954956/posts/82790288937320217,36

O ranking de desempenho do Facebook foi ocupado por páginas de direita e de jornais, com destaque a Jovem Pan News, que ocupou as duas primeiras posições.

Em primeiro lugar, está uma reportagem sobre a manifestação bolsonarista, destacando o caráter pacífico do protesto, em que os presentes vestiam roupas com as cores verde e amarela, carregavam a bandeira do Brasil e de Israel, e sem faixas e cartazes contra opositores, conforme pedido da organização. A reportagem menciona a forte presença de deputados e senadores do campo da direita, como Nikolas Ferreira (PL-MG). Em entrevista, Nikolas declarou que o protesto mostra a força de Bolsonaro, diferentemente de Lula, que, segundo ele, não consegue mobilizar as pessoas espontaneamente. O deputado também declarou que o Brasil não vive uma democracia porque ele já foi multado “por chamar homem de homem”, teve seu perfil derrubado e um de seus companheiros de partido foi detido por “crime de opinião”. Além disso, criticou o ministro Alexandre de Moraes, do STF, pelo seu “revanchismo jurídico”.

Bolsonaro também foi entrevistado pelo jornalista da Jovem Pan News e negou sua participação na tentativa de golpe de Estado, garantiu que nunca houve uma “minuta do golpe” e afirmou que ao longo dos quatro anos de mandato sempre agiu de acordo com “as quatro linhas da Constituição”. O ex-presidente também comentou que mantém a esperança de ser candidato nas eleições de 2026: “tem muita gente mais competente do que eu, mas não tem couro mais grosso do que eu para lidar com esses problemas”. Por fim, ele teceu críticas ao presidente Lula, ressaltando que o petista é refém do parlamento. A manchete destaca: “Bolsonaro faz críticas a Lula e STF em protesto no Rio”. Na legenda, também comentam que o ex-capitão elogiou Elon Musk.

Em segundo lugar, aparece o trecho do discurso de Bolsonaro enaltecendo o dono do X, ao afirmar que o bilionário é um homem que preserva a liberdade para todos e que alertou para onde a democracia brasileira está caminhando. Por fim, o ex-presidente pediu uma salva de palmas para Musk.

A terceira colocação foi ocupada pela CNN Brasil, que descreveu as figuras políticas que marcaram presença no trio elétrico, como Michelle Bolsonaro, o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), o governador de Santa Catarina, Jorginho Mello (PL), e o pastor Silas Malafaia. O jornalista destaca que o pastor subiu o tom contra o ministro Alexandre de Moraes e também ressaltou que Bolsonaro proferiu elogios a Elon Musk, que tem feito críticas ao ministro do Supremo. A reportagem também trouxe uma parte do discurso do ex-mandatário em que ele exalta Musk. Bolsonaro comparou seus ex-ministros aos atuais de Lula e afirmou que nunca agiu fora da Constituição. No final da reportagem, a apresentadora mostrou as estimativas do monitor do debate político do meio digital da USP sobre a quantidade de participantes da manifestação, sendo quase 33 mil pessoas, em Copacabana, e 185 mil pessoas na Avenida Paulista.

Em quarto lugar, aparece a Band, mostrando que a manifestação reuniu apoiadores do ex-presidente desde que Bolsonaro se tornou alvo de investigações do Supremo Tribunal Federal.

A quinta posição é ocupada pelo O Globo, com a mesma postagem descrita no ranking de interações.

2.    INSTAGRAM

Tabela 6. Visão geral dos dados

Publicações862
Total de páginas que postaram535
Interações2.746.946

Tabela 7. Total de interações e postagens por dia

MêsTotal de interaçõesTotal de posts
17/04/202473.44515
18/04/202448.09930
19/04/2024400.53643
20/04/2024172.63772
21/04/20241.082.893364
22/04/2024752.596234
23/04/2024140.75671
24/04/202472.82824
25/04/20243.1569

A tabela 7 mostra que houve um maior foco de interações e publicações no Instagram no dia 21 de abril.

Tabela 8. Top 5 postagens com maior número de interações

Orientação ideológicaPerfilLinkTotal de Interações
DireitaEduardo Bolsonaro🇧🇷https://www.instagram.com/p/C6BvWsYL3K4/129.678
DireitaUelton Costa🇧🇷https://www.instagram.com/p/C5875x3r6uh/72.102
DireitaGabinete do Bolsonaro 🇧🇷https://www.instagram.com/p/C5875x3r6uh/71.918
DireitaPaulo Guedes – APOIO🇧🇷https://www.instagram.com/p/C5875x3r6uh/71.907
DireitaCENTRAL BOLSONARISTAhttps://www.instagram.com/p/C5875x3r6uh/71.828

O ranking de interações do Instagram foi marcado pela predominância das páginas bolsonaristas. É interessante destacar que Eduardo Bolsonaro ficou em primeiro lugar e obteve quase o dobro de interações que o segundo colocado. O post do deputado traz uma foto da manifestação em Copacabana, com a legenda convidando para o acesso do link de transmissão ao vivo do protesto.

A segunda, terceira, quarta e quinta posições compartilham a mesma publicação. Trata-se de uma foto de Bolsonaro com o texto: “Testando. Se apoia a manifestação no Rio de Janeiro, comente com a bandeira”. Na parte superior da imagem, aparece um recorte da manchete do g1: “Bolsonaro convoca apoiadores para um mega ato no RJ; governo teme que o evento seja bem-sucedido”.

Tabela 9. Top 20 perfis por número de interações

Orientação ideológicaPerfilTotal de Interações
DireitaEduardo Bolsonaro🇧🇷129.678
DireitaCONEXÃO POLÍTICA112.905
ImprensaMetrópoles Política95.052
ImprensaMetrópoles93.958
DireitaPleno.News91.841
DireitaCENTRAL BOLSONARISTA73.687
DireitaUelton Costa🇧🇷72.102
DireitaGabinete do Bolsonaro 🇧🇷71.918
DireitaPaulo Guedes – APOIO🇧🇷71.907
DireitaTe Atualizei News56.747
ImprensaInfoMoney56.107
DireitaVV8 TV MINAS GERAIS51.990
DireitaVV8TVOFICIAL51.886
DireitaVV8 TV NOTÍCIAS BRASIL 🇧🇷51.873
DireitaTV VV851.718
ImprensaJornal da Record49.152
ImprensaPortal R748.933
DireitaGazeta do Povo47.384
DireitaTe Atualizei Oficial44.442
DireitaZé Trovão44.376

Tal qual ocorreu no Facebook, no Instagram houve predomínio de páginas da direita, com 16 no total, contra 1 da esquerda.

Tabela 10. Top 5 postagens com melhor performance

Orientação ideológicaPerfilLinkPerformance
DireitaFoco no Fato 🔶https://www.instagram.com/p/C6CKG27J6D_/72,02
DireitaBlog O Acaraúhttps://www.instagram.com/p/C6HqY6dvbYa/25,53
DireitaVV8TVOFICIALhttps://www.instagram.com/p/C6C7BnHNKlS/22,81
DireitaVV8 TV MINAS GERAIShttps://www.instagram.com/p/C6C7BnHNKlS/22,63
DireitaJuiz de Fora da Depressãohttps://www.instagram.com/p/C6D7wwkLsVv/22,2

O ranking de Overperforming do Instagram contou com a presença de páginas bolsonaristas, com exceção da última posição. Observa-se que o primeiro colocado obteve quase o triplo da exposição do segundo. A liderança foi ocupada pela página Foco no Fato, que postou a selfie de Coronel Menezes (PP-AM) em cima do trio elétrico. Bolsonaro aparece ao fundo da imagem, com a manchete: “Coronel Menezes elogia a grandeza do evento de Bolsonaro em Copacabana e destaca a presença de centenas de milhares de pessoas”. Menezes foi entrevistado pelo portal e ressaltou a “energia” do evento.

A segunda posição é ocupada pela página Blog O Acaraú, que traz uma foto de Bolsonaro em cima do trio elétrico a partir da perspectiva do público. No centro da imagem, uma pessoa segura um cartaz: “Acaraú-CE está com você, Bolsonaro”. A legenda conta que Gustavo Melo, pré-candidato a vereador de Acaraú, participou da manifestação, que defendia a liberdade de expressão e a democracia. Ressalta ainda que estiveram presentes no evento diversas figuras políticas, como governadores, senadores, deputados, e pré-candidatos a vereador e prefeito de várias regiões. Por fim, descrevem o perfil de Gustavo, filiado ao PL.

As páginas VV8TVOFICIAL e VV8 TV MINAS GERAIS ocupam a terceira e quarta posições, compartilhando a mesma publicação, com a imagem de Elon Musk e a manchete: “Ato pela democracia. ‘Desejo o melhor para o povo do Brasil’, disse o dono do X sobre o ator no RJ”. Na legenda, contam que, apesar de não comparecer fisicamente, o bilionário foi o centro das atenções na manifestação em Copacabana. Destacam que Bolsonaro pediu uma salva de palmas para o estrangeiro e que o deputado Gustavo Gayer (PL-GO) fez um discurso em inglês, esforçando-se para receber a atenção do empresário. Além disso, salientam os comentários de Musk a algumas publicações brasileiras.

Em quinto lugar, temos a publicação da página Juiz de Fora da Depressão que trouxe uma imagem dividida ao meio, em que aparece do lado esquerdo a delegada Ione Barbosa e do lado direito Charles Evangelista. Na legenda, contam que ambos são pré-candidatos à prefeitura de Juiz de Fora (MG) e estavam na manifestação.

3.    CONCLUSÕES

Os dados mostram que o bolsonarismo aproveitou as manifestações para mostrar a sua base como vem construindo e fortalecendo sua ligação com Elon Musk, dono do X — que elegeu o ministro Alexandre de Moraes, do STF, como “inimigo” da liberdade de expressão. Nota-se que os principais personagens bolsonaristas também usaram o ato com a presença de Jair Bolsonaro para potencializar seu alcance nas plataformas digitais ao aproximarem-se ainda mais da figura do ex-presidente.

Tanto no Facebook quanto no Instagram a direita dominou os rankings, reforçando a capacidade de gerar forte engajamento com suas campanhas digitais. Já a esquerda demonstrou pouca ou quase nenhuma capacidade de confrontar o engajamento de direita.

Para baixar o nosso relatório, clique aqui.

Expediente

O POLÍTICA NAS REDES publica estudos temáticos sobre o debate política nas redes sociais produzidos pela equipe do Manchetômetro, no âmbito do Laboratório de Estudos da Mídia e Esfera Pública (LEMEP), do Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP), da UERJ.

Como os demais projetos do LEMEP, o POLÍTICA NAS REDES conta com o apoio do INCT – Instituto da Democracia e da Democratização da Comunicação.

Realização:

Apoio:


[1] Utilizamos o número atribuído pelo Crowdtangle. De forma simples, performance é definida dividindo-se as interações obtidas pelas interações esperadas. O número de interações esperadas é igual à média de interações obtidas nos últimos 100 posts. Para mais, ver: https://help.crowdtangle.com/en/articles/2013937-how-do-you-calculate-overperforming-scores

Apoie o Manchetômetro

Criado em 2014, o Manchetômetro (IESP-UERJ) é o único site de monitoramento contínuo da grande mídia brasileira. As pesquisas do Manchetômetro são realizadas por uma equipe com alto grau de treinamento acadêmico e profissional.

Para cumprirmos nossa missão, é fundamental que continuemos funcionando com autonomia e independência. Daí procurarmos fontes coletivas de financiamento.

Conheça mais o projeto e colabore: https://benfeitoria.com/manchetometro

Compartilhe nossas postagens e o link da campanha nas suas redes sociais.

Seu apoio conta muito!