O Manchetômetro é um site de acompanhamento da cobertura da grande mídia sobre temas de economia e política produzido pelo Laboratório de Estudos de Mídia e Esfera Pública (LEMEP). O LEMEP tem registro no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq e é sediado no Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). O Manchetômetro não tem filiação com partidos ou grupos econômicos.

Parceria

PNR #23 – Lula e as enchentes no RS

O relatório tem como objetivo compreender a repercussão nas redes sociais das enchentes que assolam o Rio Grande do Sul a partir de uma perspectiva que culpa o governo federal e Lula por uma suposta falta de apoio. A análise incide sobre as páginas públicas que compartilharam posts entre os dias 29 de abril e 6 de maio de 2024, filtradas pela string de busca “(Rio Grande do Sul OR RS) AND (Lula OR Governo Federal)”. A coleta de dados foi realizada por meio da plataforma Crowdtangle, nas bases de páginas do Facebook e do Instagram.

O relatório está dividido em três seções: análise de dados do Facebook, análise de dados do Instagram e conclusões.

1.     FACEBOOK

Tabela 1. Dados Gerais

Publicações5.353
Total de páginas que postaram2.471
Interações488.440

Tabela 2. Interações e postagens por dia

MêsTotal de interaçõesTotal de posts
30/04/20241.74348
01/05/202429.502344
02/05/2024115.3311.019
03/05/2024123.9881.620
04/05/202495.002951
05/05/2024104.3981.060
06/05/202418.476311

A tabela 2 mostra que o dia 3 de maio registrou o maior número de interações e publicações.

Tabela 3. Top 5 posts por número de interações

Orientação ideológicaPerfilLinkTotal de Interações
DireitaBia Kicishttps://www.facebook.com/100044220769786/posts/9809127500594089.526
EsquerdaLulahttps://www.facebook.com/100044310762261/posts/15515548720912358.238
EsquerdaLulahttps://www.facebook.com/100044310762261/posts/10804261601110667.901
EsquerdaLulahttps://www.facebook.com/100044310762261/posts/11951746615089136.799
DireitaDeycon Silvahttps://www.facebook.com/100064790976455/posts/8430060812024176.281

A página de Lula predominou o ranking de Interações do Facebook, ocupando três posições, enquanto as outras duas colocações foram ocupadas por páginas de direita. A liderança foi da página da deputada federal de direita Bia Kicis, que publicou uma montagem que aparecia a cantora Madonna do lado esquerdo e a primeira dama Janja do lado direito, seguidas de um texto que criticava a primeira-dama por assistir ao show da cantora em meio à catástrofe no Rio Grande do Sul. Ainda afirma que, segundo o colunista Lauro Jardim, Janja foi convidada pelo prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes e havia expectativa de acontecer um encontro entre as duas.

Em segundo lugar aparece a página do presidente Lula com a transmissão ao vivo da entrevista coletiva para discutir a calamidade pública das áreas atingidas no Rio Grande do Sul. A coletiva contou com a presença do governador do estado, Eduardo Leite (PSDB), do ministro do STF, Edson Fachin, o presidente do Tribunal de Contas da União, Bruno Dantas, do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) e do presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). Após ouvir a todos, Lula apresentou sua bancada de ministros, destacando o compromisso de cada um. O presidente garantiu que o governo federal irá ajudar a recuperar as rodovias federais e estaduais, reestabelecer serviços essenciais de saúde e educação, apresentar um plano de prevenção de desastres climáticos, reconstruir casas e reerguer empresas.

A terceira posição foi ocupada por um vídeo postado pela página de Lula que reuniu alguns trechos da entrevista de imprensa, na qual o presidente declarou que o governo federal dedicará tudo que estiver ao seu alcance para atender as necessidades básicas do povo que está isolado por conta das chuvas no estado, seja por meio dos ministros, da sociedade civil ou dos militares.

Na quarta posição aparece novamente a página de Lula, que fez uma transmissão ao vivo da coletiva de imprensa do governo federal e sua equipe em Santa Maria. Lula declarou que o governo federal irá se juntar ao governo estadual para prestar auxílio aos necessitados, não medindo esforços. Relatou também que posteriormente irá se reunir com todos os prefeitos para saber quais são as necessidades específicas de cada local e que irá reconstruir as casas, de preferência não nos locais que alagam com certa frequência.

A quinta posição é ocupada por Deycon Silva, que postou um vídeo criticando Lula pela sua postura diante aos desastres do Rio Grande do Sul. O influenciador de direita afirma que Lula só foi para o Rio Grande do Sul porque foi pressionado por sua base, uma vez que não queria ir por se tratar de um estado bolsonarista e ter recebido poucos votos. Deycon também criticou o show da Madona, que deveria ser adiado ou cancelado, visto que, de acordo com ele, se tratava de verba pública, da qual o custo foi dividido entre estado e prefeitura, utilizando mais de 70 milhões de reais.

Deycon também afirma que a primeira coisa que Lula falou quando chegou ao Rio Grande do Sul foi: “Tô torcendo pro Inter e pro Grêmio”. Deycon declara que este foi “o maior deboche do povo brasileiro de toda a história” e que esta fala mostra quem de fato Lula é. Além disso, afirma que não dá para imaginar Bolsonaro tendo uma fala como essa, uma vez que quando houve tragédias em seu governo, o ex-presidente agiu de forma diferente. Para Deycon, foi um absurdo falar de futebol em meio à tragédia. O influenciador também questiona onde estão as forças armadas e o exército brasileiro, comparando mais uma vez Bolsonaro a Lula; afirmando que no governo do ex-presidente, o comandante do exército não aguardava a ligação de Bolsonaro, ele mesmo agia e mobilizava suas tropas, o que não tem acontecido no governo Lula. Afirma, também, que desde a tragédia passada, os recursos que foram prometidos pela União não foram entregues. Por fim, fala que Bolsonaro está no Amazonas e que estava sendo criticado por não estar no sul. Deycon sai em defesa do ex-presidente, afirmando que sua presença na região sul do Brasil seria um prato cheio para criticarem que estava na tragédia apenas para ganhar capital político. Além disso, poderia criar uma certa tensão, visto que Lula também estava presente no estado e quem deveria fazer o direcionamento de recursos é o governo Lula e não Bolsonaro.

Tabela 4. Top 20 perfis com maior número de interações

Orientação ideológicaPerfilTotal de Interações
EsquerdaLula30.815
EsquerdaGleisi Hoffmann17.126
DireitaBia Kicis16.938
EsquerdaPaulo Pimenta14.997
InstituiçãoGoverno do Rio Grande do Sul12.344
ImprensaO Globo12.338
ImprensaCNNBrasil10.395
DireitaPlantão Brasil8.280
DireitaJunior Japa6.324
DireitaDeycon Silva6.281
ImprensaGZH6.121
EsquerdaLindbergh Farias5.751
DireitaEduardo Bolsonaro5.740
DireitaDr. Sandro Lucio Gonçalves5.593
DireitaBrasil acima de Tudo5.154
ImprensaRádio BandNews FM4.741
ImprensaUOL Notícias4.721
DireitaJornal da Cidade Online4.608
DireitaEduardo Leite4.311

Os dados revelam um desequilíbrio no total de posts entre direita e esquerda, com 9 páginas de direita contra 5 de esquerda. Em ambos os casos, notamos o envolvimento de figuras importantes das duas correntes, como Bia Kicis e Eduardo Bolsonaro, no campo da direita, e Lula, Paulo Pimenta e Gleisi Hoffmann, na esquerda. No total de interações, no entanto, a esquerda levou vantagem, com 72.943 interações contra 63.229 em páginas de direita.

Tabela 5. Top 5 posts com melhor performance

Orientação ideológicaPerfilLinkPerformance
ImprensaFronteira Notíciashttps://www.facebook.com/100047004161605/posts/94855749005438133,79
ImprensaRádio BandNews FMhttps://www.facebook.com/100064758486373/posts/91753888041472029,55
EsquerdaElvino Bohn Gasshttps://www.facebook.com/100044640840135/posts/96194785196990119,14
ImprensaRádio BandNews FMhttps://www.facebook.com/100064758486373/posts/91601126056748218,05
InstituiçãoGoverno do Rio Grande do Sulhttps://www.facebook.com/100064540095884/posts/83638933185572917,54

O ranking de desempenho do Facebook foi ocupado por maioria de páginas de imprensa, além de uma página de esquerda e uma página de instituição. Na liderança aparece a página Fronteira Notícias, que postou um vídeo do presidente Lula no telefone com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB). Lula relata a dificuldade encontrada pelos helicópteros para levantarem voo e declara que não há limite para a ajuda. Além disso, afirma que estava pensando em ir no dia seguinte para o Rio Grande do Sul para que pudesse ajudar de forma efetiva e acabar com o sofrimento do povo. Na legenda, a página relata que já haviam sido registradas mais de 10 mortes, além de 21 pessoas desaparecidas e 4,4 mil desabrigadas.

Em segundo lugar consta a página da Rádio BandNews FM com o vídeo em que Reinaldo Azevedo analisa os motivos que levaram ao fim do PSDB e defende Lula das críticas feitas pelo partido tucano. O jornalista conta que o PSDB lançou uma nota criticando o atraso de Lula para prestar ajuda à população gaúcha. Em contrapartida, Reinaldo declara que esta nota é uma “sem vergonhice”, que é uma “exploração miserável e politiqueira” e que o partido morreu por conta de situações como essa. O jornalista afirma que o presidente Lula foi ao Rio Grande do Sul com seis ministros e questiona o que o PSDB fez para ajudar: “mobilizaram a bancada ruralista para levar comida?”. Reinaldo chama o PSDB de “bolsonarismo com complexo de limpinho” e critica o fato de não terem agido com antecedência diante da situação de chuva, visto que os órgãos técnicos haviam avisado 15 dias antes que a tragédia iria acontecer. Também critica o fato de tentarem renascer o partido em cima das mortes e da destruição decorrentes das enchentes e que nem o bolsonarismo apelou para tanto. Por fim, defende novamente Lula, afirmando que a chuva começou na segunda, o presidente entrou contato com Eduardo Leite na quarta e na quinta já estava no estado junto com os seus ministros.

Em terceira colocação aparece a página do deputado federal Elvino Bohn Gass (PT-RS) com um vídeo elogiando as ações de Lula. Elvino declara que o presidente Lula está atento e solidário à situação da população gaúcha e foi pessoalmente com seus ministros ao Rio Grande do Sul para avaliar de perto e combinar as ações com o governo estadual para minimizar os estragos da calamidade. Afirma que o próprio Eduardo Leite reconheceu a ajuda prestada pelo governo federal e que a ordem neste momento era salvar vidas. Por fim, declara que possui críticas ao governo anterior (Bolsonaro) pela forma como tratou as pautas de mudança climática e que também é crítico às propostas de lei ainda vigentes no Congresso que buscam reduzir a mata ciliar. Confessa, contudo, que esta não é hora de disputa política em respeito à dor das pessoas, prevalecendo o sentimento de solidariedade total, assim como o presidente Lula tem feito.

A quarta posição é ocupada novamente pela Rádio BandNews FM com vídeo em que Reinaldo Azevedo declara que não se pode acusar o presidente Lula de estar desatento e relembra que na gestão anterior quando um estado estava debaixo d’água o presidente foi viajar e ainda teve falas desagradáveis a respeito, referindo-se à forma como Bolsonaro agiu durante às fortes chuvas na Bahia na virada de 2021 para 2022. Elogia a rapidez com que Lula agiu diante da situação: na quarta-feira confirmou que iria visitar Rio Grande do Sul e preparou oito helicópteros para irem ao estado, e destaca: “é assim que se governa”.

Em quinto colocado consta a página do Governo do Rio Grande do Sul, que postou uma foto de Eduardo Leite e Lula na coletiva de imprensa. Na legenda declararam que os líderes se reuniram para alinhar as ações de busca e salvamento e discutir sobre as medidas a serem adotadas para fornecer ajuda humanitária às vítimas das enchentes. Afirma também que estavam presentes o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e ministros do Governo Federal. Destacam que Eduardo Leite agradeceu o governo federal e as forças nacionais de segurança na coletiva de imprensa e reiterou agora ser um momento de união, com foco em salvar vidas.

2.    INSTAGRAM

Tabela 6. Visão geral dos dados

Publicações2.707
Total de páginas que postaram1.538
Interações6.784.637

Tabela 7. Total de interações e postagens por dia

MêsTotal de interaçõesTotal de posts
30/04/20246.38330
01/05/2024416.990131
02/05/20241.115.352337
03/05/20242.307.2211.108
04/05/20241.463.028501
05/05/20241.153.487525
06/05/2024322.17692

A tabela 7 mostra que houve um maior foco de interações e publicações no Instagram no dia 3 de maio.

Tabela 8. Top 5 postagens com maior número de interações

Orientação ideológicaPerfilLinkTotal de Interações
EsquerdaLuiz Inácio Lula da Silvahttps://www.instagram.com/p/C6exj4dPpcZ/297.010
EsquerdaLuiz Inácio Lula da Silvahttps://www.instagram.com/p/C6jdgSUOxrd/288.800
DireitaCafé Com Crentehttps://www.instagram.com/p/C6gcslsOS5t/171.846
EsquerdaLuiz Inácio Lula da Silvahttps://www.instagram.com/p/C6mkvfzvQpD/168.873
EsquerdaLuiz Inácio Lula da Silvahttps://www.instagram.com/p/C6mtFNKsduK/166.737

O ranking de Interações do Instagram foi ocupado predominantemente pela página de Lula, com exceção da terceira posição que foi ocupada pela página de direita Café com Crente. Na liderança aparece um carrossel de fotos que mostram as operações de busca no Rio Grande do Sul e alguns momentos da coletiva de imprensa realizada por Lula e seus ministros, Eduardo Leite e os presidentes do Senado e da Câmara. Na legenda, Lula afirma que esteve no Rio Grande do Sul solidarizando-se com as famílias atingidas pelas enchentes e declara que o governo federal fará todo o possível para ajudar os governos municipais e estadual. Mostrando o comprometimento do seu governo, manifesta que fez questão de levar todos os seus ministros em solidariedade à população gaúcha.

Em segundo lugar aparece um carrossel de fotos que mostra as ações que já foram feitas pelo governo federal em apoio ao Rio Grande do Sul. Na legenda afirma que o governo federal não medirá esforços para salvar vidas e ajudar os municípios que estão sofrendo com a chuva, estando em permanente diálogo com o governo do Rio Grande do Sul e com as prefeituras.

Em terceiro lugar aparece a página Café com crente, que postou dois vídeos. O primeiro é um trecho do discurso do prefeito de Lajeado, que se emocionou ao explicar a situação do município. O prefeito fala sobre a necessidade de “ter serenidade para enfrentar os desafios e vencer a primeira etapa de salvamento das pessoas” para depois pensar em outros desdobramentos. O segundo vídeo mostra como ficou a ponte do rio Taquari após o nível do rio abaixar, revelando o cenário de destruição nos municípios de Lajeado e Estrela. Na legenda, a página afirma que muitas famílias aguardam por socorro e há previsão de mais chuva pela frente. A página afirma que não foi feito nada eficiente pelo governo federal e que, por conta disso, empresários estão enviando aeronaves particulares. No final, pede para que todos orem para amenizar o sofrimento da população.

A quarta posição é ocupada por um carrossel de fotos postado pelo presidente Lula. As imagens mostram o cenário de destruição e enchentes no Rio Grande do Sul e também as ações realizadas pelo presidente, em reunião com os líderes políticos, na coletiva de imprensa e no helicóptero a caminho do estado. Na legenda declara que desembarcou em Porto Alegre para prestar uma atuação conjunta do Executivo, Legislativo e Judiciário em busca de atender as demandas do Rio Grande do Sul. Afirma novamente que o governo federal não irá medir esforços para salvar vidas e que está 100% dedicado em prestar apoio ao estado.

Em quinto lugar aparece um carrossel posado por Lula com imagens de seu desembarque em Porto Alegre e imagens das operações de busca e salvamento no estado. Nas fotos também aparecem textos com a prestação de contas das ações realizadas pelo governo federal, sendo R$ 23,8 milhões para obras emergenciais de saneamento; R$ 55 milhões liberados para ações de prevenções a desastres; 20 mil pessoas resgatadas; 32 helicópteros em ação; 100 barcos; 81 viaturas; 13,5 mil profissionais das Forças Armadas; 52 mil cestas básicas; previsão de mais de 45 mil cestas de alimentos; R$ 50 milhões para o Programa de Aquisição de Alimentos; e antecipação do Bolsa Família para os 497 municípios do Rio Grande do Sul, sendo mais de 620 mil famílias beneficiadas. Na legenda, Lula afirma que os esforços para ajudar o Rio Grande do Sul não param e a força-tarefa do governo federal trabalha cada dia mais pela região.

Tabela 9. Top 20 perfis com maior número de interações

Orientação ideológicaPerfilTotal de Interações
EsquerdaLuiz Inácio Lula da Silva921.420
Imprensag1200.776
ImprensaBBC News | Brasil174.238
DireitaCafé Com Crente171.846
ImprensaGZH118.146
DireitaRepública Notícias104.599
ImprensaMetrópoles97.567
Esquerda@eutocomlula • by Teresa Freitas96.595
DireitaNikolas Ferreira TV91.489
OutrosAlfinetadas Dos Famosos 📌89.770
InstituiçãoGoverno do Brasil86.446
DireitaCONEXÃO POLÍTICA81.756
ImprensaPortal R780.232
EsquerdaTúlio Gadêlha79.285
DireitaPatriotas78.343
ImprensaCNN Política77.801
ImprensaCNN Brasil74.108
ImprensaJornal da Record73.837
EsquerdaMídia NINJA71.972
ImprensaMetrópoles Política70.918

Tal qual no Facebook, no Instagram houve mais publicações de direita e mais interações de esquerda. Notamos, um predomínio de páginas da imprensa, ao todo foram 9, seguidas por 5 perfis de direita e 4 de esquerda. Há ainda outras 2 páginas que não foram classificadas ideologicamente. A esquerda alcançou mais interações, capitaneada pelo perfil de Lula: foram 1.169.272 interações em suas páginas ranqueadas, contra 967.623 interações de páginas de imprensa e 528.033 interações de páginas de direita.

Tabela 10. Top 5 posts com melhor performance

Orientação ideológicaPerfilLinkPerformance
ImprensaBand RShttps://www.instagram.com/p/C6cOV_qPqN9/222,25
DireitaCafé Com Crentehttps://www.instagram.com/p/C6gcslsOS5t/208,8
InstituiçãoGoverno do Rio Grande do Sulhttps://www.instagram.com/p/C6hm6bxO88W/91,96
OutrosEu, Estudantehttps://www.instagram.com/p/C6g8eRjuCWt/85,71
ImprensaJornal do Comérciohttps://www.instagram.com/p/C6c1N_OuNxX/80,66

O ranking de performance do Instagram foi ocupado principalmente por páginas de jornal. Na liderança aparece a página Band RS com uma postagem compartilhada com a página Band Jornalismo. A postagem mostra uma foto de Eduardo Leite com a transcrição da sua fala: “Estamos atravessando o que será o maior desastre natural do nosso estado, peço que as pessoas se protejam, quem mora em área de risco, peço que saiam de casa e procurem abrigos, estamos com dificuldades de chegar nas áreas mais afetadas”. Na legenda destacam também que Eduardo Leite declarou que o governo estadual está atuando em conjunto com o governo federal e as forças armadas para ajudar a população. Além disso, agradeceu o auxílio de outros governos estaduais e confirmou a vinda de Lula na quinta-feira, dia 02/05. No final, comunicam que mais informações estarão disponíveis às 18h50 no Band Cidade ou no decorrer da programação.

Em segundo lugar consta a postagem da página Café com Crente, já descrita no ranking de Interações.

Em terceiro colocado aparece a página do Governo do Rio Grande do Sul com postagem compartilhada com página da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura. Trata-se de uma foto de um caminhão de bombeiro no meio das ruas alagadas com o texto: “Colabore! Veículos utilizados nos resgates e que estão trabalhando para reabastecer infraestruturas atingidas devem ter prioridade de abastecimentos em postos de combustíveis”. Na legenda afirmam que a prioridade é salvar vidas e, por isso, os veículos que atuam em emergência devem ter preferência nos postos. Esta foi uma solicitação do governo do Rio Grande do Sul e a medida foi determinada pela Sulpetro.

A quarta posição é ocupada pela página Eu, estudante, que postou uma publicação compartilhada com a página Correio Braziliense. A imagem mostra a cidade tomada pela enchente com a manchete informando sobre o adiamento do Concurso Nacional Unificado. Na legenda informam que a decisão foi tomada na sexta, dia 03/05, em decorrência do estado de calamidade pública no Rio Grande do Sul. O exame estava marcado para acontecer no dia 05/05 em 228 municípios do país.

Em quinto lugar aparece o Jornal do Comércio com uma imagem das casas tomadas pelas fortes chuvas e a manchete: “Leite decreta estado de calamidade e alerta: ‘situação é catastrófica’”. Na legenda, noticiam que o governador do Rio Grande do Sul caracterizou a situação como “catastrófica” e como a “maior tragédia climática” do estado. Diante disso, Leite declarou estado de calamidade pública e fez um apelo a quem estava em área de risco para deixarem suas casas e procurarem um lugar seguro. Também informam que foi lançado um chamado para evacuação urgente pela Defesa Civil nas áreas do Vale do Taquari. E afirmam que o presidente Lula irá desembarcar na quinta-feira, dia 05/05, no estado.

3.    CONCLUSÕES

Os dados mostram que uma vitória parcial da esquerda, que só ocorreu devio à imensa popularidade das páginas do próprio presidente. Lula conseguiu protagonizar suas ações para mitigar os efeitos do desastre no Rio Grande do Sul no mundo real e nas redes sociais. E isso se deu em confronto com a tentativa de boicote por parte de figuras centrais do bolsonarismo, como Bia Kicis e Eduardo Bolsonaro. Se não fosse pelas interações nas postages de Lula, a esquerda novamente teria perdido o embate, pois as outras páginas dessa orientação ideológica tiveram um rendimento somente mediano no tema.

Para baixar o nosso relatório, clique aqui.

Expediente

O POLÍTICA NAS REDES publica estudos temáticos sobre o debate política nas redes sociais produzidos pela equipe do Manchetômetro, no âmbito do Laboratório de Estudos da Mídia e Esfera Pública (LEMEP), do Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP), da UERJ.

Como os demais projetos do LEMEP, o POLÍTICA NAS REDES conta com o apoio do INCT – Instituto da Democracia e da Democratização da Comunicação.

Realização:

Apoio:


[1] Utilizamos o número atribuído pelo Crowdtangle. De forma simples, performance é definida dividindo-se as interações obtidas pelas interações esperadas. O número de interações esperadas é igual à média de interações obtidas nos últimos 100 posts. Para mais, ver: https://help.crowdtangle.com/en/articles/2013937-how-do-you-calculate-overperforming-scores

Apoie o Manchetômetro

Criado em 2014, o Manchetômetro (IESP-UERJ) é o único site de monitoramento contínuo da grande mídia brasileira. As pesquisas do Manchetômetro são realizadas por uma equipe com alto grau de treinamento acadêmico e profissional.

Para cumprirmos nossa missão, é fundamental que continuemos funcionando com autonomia e independência. Daí procurarmos fontes coletivas de financiamento.

Conheça mais o projeto e colabore: https://benfeitoria.com/manchetometro

Compartilhe nossas postagens e o link da campanha nas suas redes sociais.

Seu apoio conta muito!