O Manchetômetro é um site de acompanhamento da cobertura da grande mídia sobre temas de economia e política produzido pelo Laboratório de Estudos de Mídia e Esfera Pública (LEMEP). O LEMEP tem registro no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq e é sediado no Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). O Manchetômetro não tem filiação com partidos ou grupos econômicos.

Parceria

PNR #25 – Taxação de compras internacionais

O relatório tem como objetivo compreender a repercussão nas redes sociais da proposta de taxar compras e remessas internacionais. A análise incide sobre as páginas públicas que compartilharam posts entre os dias 16 a 24 de maio de 2024, filtradas pela string de busca “taxação OR compras internacionais OR remessas” de publicações no Brasil. A coleta de dados foi realizada por meio da plataforma Crowdtangle, nas bases de páginas do Facebook e do Instagram.

O relatório está dividido em três seções: análise de dados do Facebook, análise de dados do Instagram e conclusões.

PRINCIPAIS DESCOBERTAS

  • Domínio da Direita nas Interações e Publicações: A análise revela um claro domínio das páginas de direita tanto no Facebook quanto no Instagram no que toca às publicações e interações sobre a taxação de compras internacionais.
  • Maior Engajamento em Páginas de Fofoca no Instagram: No Instagram, páginas de entretenimento e fofoca também tiveram grande engajamento com o tema da taxação, contribuindo significativamente para a discussão, muitas vezes destacando seu impacto negativo sobre os consumidores de baixa renda.
  • Falta de Engajamento da Esquerda: A esquerda não apresentou um engajamento consistente no tema da taxação, o que pode ter prejudicado sua capacidade de influenciar a narrativa.
  • 1.     FACEBOOK

    Tabela 1. Dados Gerais

    Publicações330
    Total de páginas que postaram198
    Interações9.840

    Tabela 2. Interações e postagens por dia

    MêsTotal de interaçõesTotal de posts
    16/05/202411.45238
    17/05/20245.16130
    18/05/2024515
    19/05/20243076
    20/05/20248.70320
    21/05/202490920
    22/05/20241.52559
    23/05/202410.026118
    24/05/20241.70634

    A tabela 2 mostra que o dia 16 de maio registrou o maior número de interações, e o dia 23 o maior número de publicações.

    Tabela 3. Top 5 posts com maior número de interações (em negrito as páginas que tiveram os maiores totais por tipo de publicação)

    IdeologiaPerfilLinkTotal de InteraçõesTotal de CurtidasTotal de ComentáriosTotal de CompartilhamentosTotal de reações[1]
    DireitaBia KicisLink8.1993.2789112.6841.326
    DireitaEduardo BolsonaroLink7.3183.39011601.6321.136
    DireitaBia KicisLink3.8672.408355704400
    DireitaMagno MaltaLink2.8501.196400803451
    DireitaEu acreditava no EstadoLink640216111102451

    No ranking de interações do Facebook, as páginas de direita dominaram a lista, com destaque para deputada federal Bia Kicis (PL-DF), que ocupou duas posições. A liderança segue com a parlamentar, que postou uma foto do presidente Lula fazendo o “L”, com a manchete do portal Terra: “Importados terão ‘maior taxa do mundo’, de 92%, com mudança de tributação, diz AliExpress”. O texto traz o posicionamento da empresa, afirmando que a taxação prevista pelo Programa Mover irá prejudicar, principalmente, os mais pobres, que utilizam as plataformas de e-commerce internacionais. Bia Kicis escreve na legenda: “O governo do imposto!”.

    Na segunda posição, aparece o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), que publicou uma foto de Lula com um fundo vermelho remetendo à imagem do “inferno”. A imagem é acompanhada das manchetes de O Globo e do Terra. O jornal O Globo traz a declaração de Janja de que a taxação irá afetar somente as empresas, e não os consumidores. E o Terra com a avaliação do AliExpress, que afirma tratar-se da maior taxação do mundo.

    Em terceiro lugar, temos o vídeo postado por Bia Kicis sobre a discussão do tema na Comissão de Finanças e Tributação, com a participação de Fernando Haddad (Fazenda). Nas imagens, Kicis declara que o relator do projeto colocou um “jabuti” no texto. O ministro pergunta quem é o relator e se ele é do PT. A deputada afirma não saber quem é o deputado responsável. Bia Kicis, então, declara que o líder do governo na Câmara afirmou que a União não abre mão da taxação de US$ 50. Por isso, duas emendas foram apresentadas pela oposição. Haddad declara que irá responder sua pergunta, mas o vídeo termina antes da sua resposta. O vídeo possui uma moldura fixa com o texto na parte superior: “O desgoverno Lula só pensa em arrecadação e taxação!”.

    Em quarto lugar, consta a publicação do senador Magno Malta (PL-ES). Trata-se de uma edição da foto de Haddad sorrindo ao lado de uma placa escrito “Shein”. Abaixo aparece a manchete do Terra: “Produto da Shein pode ficar 100% mais caro com fim de isenção de até US$ 50, diz executivo”. Em seguida, o texto: “Importados terão a maior taxa do mundo, de 92% com mudança na tributação, diz AliExpress”. Na legenda, Magno Malta declara que as compras internacionais podem ficar mais caras e que algumas pessoas pensam que o aumento do imposto é a solução para tudo. Também afirma que, caso a proposta chegue ao Senado, seu voto será “não”.

    A quinta colocação é ocupada pela página de memes de direita, Eu acreditava no Estado, que postou um print da publicação do Estadão na rede social X. Trata-se da notícia sobre a declaração da AliExpress afirmando que os importados terão a maior taxação do mundo. Na legenda, o texto ironiza: “É um L enorme aí pra fazer”.

    [1] Total de reações é a soma das seguintes reações do Facebook: Amei, Força, Uau, Grrr, Risos e Triste.

    Tabela 4. Total de interações por tipo de publicação nos 20 perfis com maior número de interações (em negrito as páginas que tiveram os maiores totais por tipo de publicação)

    IdeologiaPerfilLink ExternoVídeoFotosTotal de Interações
    DireitaBia Kicis 3.8678.19912.066
    DireitaEduardo Bolsonaro  7.3187.318
    DireitaMagno Malta  2.8502.850
    ImprensaO Globo115 838953
    DireitaJovem Pan News69837 906
    ImprensaUOL Notícias710  710
    EsquerdaMÍDIA LIVRE  650650
    DireitaEu acreditava no Estado  640640
    DireitaEsquerdopata da Depressão  633633
    DireitaMario Frias  624624
    DireitaOdécio Carneiro  612612
     Igreja Biscateriana 593 593
    ImprensaCNNBrasil425126 551
    DireitaOs Pingos nos Is – Jovem Pan 534 534
     Ranking dos Políticos  430430
    ImprensaBandNews TV 19360379
    EsquerdaPT no Senado 366 366
    EsquerdaRevista Fórum25697 353
    DireitaEder Borges  320320
    ImprensaRádio BandNews FM 300 300

    Os dados revelam um desequilíbrio no total de posts entre direita e esquerda, com 10 páginas de direita contra 3 de esquerda. Dentre as páginas de direita, notamos o envolvimento de figuras importantes, como Bia Kicis, Eduardo Bolsonaro e Magno Malta. Já na esquerda, não notamos nenhum personagem político no ranking.

    No total de interações, o desequilíbrio é ainda maior no campo da direita: com 26.503 interações contra 1.369 em páginas de esquerda. Tanto páginas de esquerda quanto de direita obtiveram maior sucesso em publicações de fotos com legendas sobre o tema.

    2.    INSTAGRAM

    Tabela 5. Visão geral dos dados

    Publicações348
    Total de páginas que postaram308
    Interações683.618

    Tabela 6. Total de interações e postagens por dia

    MêsTotal de interaçõesTotal de posts
    16/05/202487.79041
    17/05/202451.32434
    18/05/20243963
    19/05/20247.3666
    20/05/2024155.53328
    21/05/202419.60133
    22/05/2024260.46869
    23/05/202490.970111
    24/05/202410.17024

    A tabela 6 mostra que houve um maior foco de interações no dia 22 de maio, e de publicações no dia 23 de maio.

    Tabela 7. Top 5 posts com maior número de interações (em negrito as páginas que tiveram os maiores totais por tipo de publicação)

    IdeologiaPerfilLinkTipo de postCurtidasComentáriosTotal de Interações
    FofocaAlfinetadas Dos FamososLinkFoto79.27571.1988.077
    DireitaEduardo Bolsonaro🇧🇷LinkFoto68.12563.5454.580
    FofocaGOSSIP DO DIALinkFoto64.42660.3964.030
    FofocaSou Eu Na VidaLinkFoto62.57856.5486.030
    DireitaMario Frias 🇧🇷LinkFoto36.41133.4792.932

    O ranking de interações do Instagram foi ocupado por páginas de entretenimento e perfis de direita. Na liderança, aparece a página Alfinetei, que postou uma imagem com o texto: “Deputados vão votar hoje para DOBRAR imposto sobre compras internacionais. Isso vale para plataformas como Shein, Shopee e AliExpress”. Na legenda declaram que naquele dia, 22 de maio, os deputados iriam votar para acabar com a isenção de imposto para compras de até US$ 50 em sites internacionais. Também afirmam que essa mudança na tributação irá prejudicar a população que depende dessas plataformas para ter acesso a produtos baratos e de boa qualidade, sobretudo as pessoas de baixa renda. No final, perguntam o que os seguidores pensam sobre o assunto.

    A segunda posição é ocupada pela postagem de Eduardo Bolsonaro, descrita anteriormente no ranking de interações do Facebook.

    Em terceiro colocado, consta a postagem da página Gossip do Dia, que publicou uma imagem dos logos das empresas Shein, AliExpress e Shopee. Na legenda, alertam que os seguidores devem preparar o bolso. Afirmam que o projeto visava voltar com o imposto sobre as compras importadas até US$ 50 nas plataformas. Defendem que as pessoas mais pobres, que não possuem condições para realizar uma viagem internacional, dependem das plataformas de e-commerce para comprar produtos a preços acessíveis. Argumentam, ainda, que a medida traria ainda mais desigualdade para o Brasil.

    A quarta colocação é ocupada pela página Sou Eu Na Vida, que postou uma imagem com o desenho de uma mulher com a mão na boca e expressão surpresa, e diversos logos da Shein. O texto complementa: “Eu vendo os deputados querendo dobrar os impostos das minhas comprinhas”, e um emoticon de tristeza. Na legenda, afirmam que os deputados não atendem aos pedidos dos brasileiros e que votarão para aumentar os impostos sobre as compras internacionais de até US$ 50.

    Em quinto lugar, temos o deputado federal Mario Frias (PL-SP), que postou uma imagem em que aparece Janja e Lula acompanhados das manchetes do Globo e do Terra sobre a taxação a importados. E o texto: “Por essa ninguém esperava!”. Na legenda: “E tem gente que acreditou na Janja”, com um emoticon de risada.

    Tabela 8. Top 20 perfis com maior número de interações (em negrito as páginas que tiveram os maiores totais por tipo de publicação)

    Orientação ideológicaPerfilTotal de CurtidasTotal de ComentáriosTotal de Interações
    FofocaAlfinetadas Dos Famosos71.1988.07779.275
    DireitaEduardo Bolsonaro🇧🇷635454.58068.125
    FofocaGOSSIP DO DIA60.396403064.426
    FofocaSou Eu Na Vida56.5486.03062.578
    DireitaMario Frias 🇧🇷334792.93236.411
    DireitaBia Kicis254391.02926.468
    DireitaJovem Pan NEWS208752.04622.921
    DireitaMagno Malta209031.31522.218
    DireitaLuiz Philippe de Orleans e Bragança1992397020.893
    ImprensaJornal O Globo14.1971.47315.670
    FofocaArquivo Oculto12.4141.38413.798
    FofocaTRICOTEI11.4381.64113.079
    FofocaOTIMISTA OFICIAL10.13162410.755
    FofocaBárbara – Te Atualizei News8.8301.1539.983
    ImprensaEstadão 🗞8.6759399.614
    EsquerdaJPD – Jovens pela Democracia9.0302409.270
    ImprensaFlow7.9762608.236
    DireitaFelipe D’Avila7.7482728.020
    DireitaZé Trovão7.378827.460
    ImprensaGazeta do Povo70126524488

    Tal qual no Facebook, no Instagram notamos um domínio da direita diante da esquerda no tema, com 8 páginas de direita contra 1 de esquerda no Top 20. Novamente, percebemos a presença de figuras importantes do Bolsonarismo na discussão sobre a taxação, como Eduardo Bolsonaro, Mário Frias e Bia Kicis. Já a esquerda não apresenta nenhum de seus principais personagens engajado no tema. Nas interações, o domínio é ainda maior: são 212.516 interações em páginas de direita contra 9.270 na página de esquerda. Os perfis de Fofocas e Memes, e a imprensa também abordaram a temática. As páginas de Fofocas e Memes dominaram as curtidas e os comentários, e alcançaram o maior número de interações, com 253.894 no total.

    3.    CONCLUSÕES

    Os dados mostram que a direita mais uma vez se aproveitou de um tema da agenda pública para transformá-lo em pauta de sua guerra cultural e política. Dessa vez restou à esquerda o papel incômodo de defender a taxação, ainda mais de produtos de baixo preço, que são consumidos por larga fatia da população.

    Novamente perfis políticos importantes da extrema-direita, como Eduardo Bolsonaro e Bia Kicis, atraíram as atenções nas redes sociais, focando nos possíveis prejuízos à população com a taxação de produtos, e reforçando o enquadramento negativo de que o governo teria como objetivo aumentar o recolhimento de impostos e prejudicar os mais pobres.

    Para baixar o nosso relatório, clique aqui.

    Expediente

    O POLÍTICA NAS REDES publica estudos temáticos sobre o debate política nas redes sociais produzidos pela equipe do Manchetômetro, no âmbito do Laboratório de Estudos da Mídia e Esfera Pública (LEMEP), do Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP), da UERJ.

    Como os demais projetos do LEMEP, o POLÍTICA NAS REDES conta com o apoio do INCT – Instituto da Democracia e da Democratização da Comunicação.

    Realização:

    Apoio:


    [1] Utilizamos o número atribuído pelo Crowdtangle. De forma simples, performance é definida dividindo-se as interações obtidas pelas interações esperadas. O número de interações esperadas é igual à média de interações obtidas nos últimos 100 posts. Para mais, ver: https://help.crowdtangle.com/en/articles/2013937-how-do-you-calculate-overperforming-scores

    Apoie o Manchetômetro

    Criado em 2014, o Manchetômetro (IESP-UERJ) é o único site de monitoramento contínuo da grande mídia brasileira. As pesquisas do Manchetômetro são realizadas por uma equipe com alto grau de treinamento acadêmico e profissional.

    Para cumprirmos nossa missão, é fundamental que continuemos funcionando com autonomia e independência. Daí procurarmos fontes coletivas de financiamento.

    Conheça mais o projeto e colabore: https://benfeitoria.com/manchetometro

    Compartilhe nossas postagens e o link da campanha nas suas redes sociais.

    Seu apoio conta muito!